Um pedacinho de terra perdido no Mar…

Quem nasceu por estas paragens, com certeza, já ouviu esse verso cantarolado por alguma bela voz. Um pedacinho de terra perdido no Mar. Ele abre o Rancho de Amor à Ilha, cuja letra é de autoria do compositor Cláudio Alvim Barbosa (Zininho), é hino oficial de Florianópolis, Capital do Estado de Santa Catarina.

Continuar lendo

A Lagoinha do Leste e o Velho Tibúrcio

Em 2007, em companhia de alguns amigos da Associação de Jovens da Seicho-No-Ie (Núcleo Trindade, Florianópolis), fui à Lagoinha do Leste, uma praia selvagem ao sul da Ilha de Santa Catarina. Possui uma das paisagens mais impressionantes que já tive a chance de conhecer, unindo o mar a uma lagoa, com vegetação praticamente intocada. O local é de difícil acesso, o qual se dá unicamente por meio de uma trilha costeira, estreita e em meio à mata virgem. Por isso, os únicos frequentadores do lugar são as pessoas que procuram bom lugar pra acampar, surfistas e pesquisadores.

Continuar lendo

De Desterro a Florianópolis

Acreditem: ainda há desinformados por aí que pensam que o nome da Capital de Santa Catarina tem algo a ver com flores ou coisas do tipo. A ideia agrada aos ouvidos incautos, mas não retrata a verdade. A cidade nasceu como vila durante o período colonial e seu nome foi arbitrariamente modificado no fim do século XIX.

Ao longo das postagens futuras, mostraremos, mais detalhadamente, em tópicos individuais, mais das raízes históricas de Florianópolis. Por enquanto, vejamos, resumidamente:

Continuar lendo